Piadas do Joãoziho

by

Joãozinho chega para a professora e pergunta:
– Professora, alguém pode ser culpado por alguma coisa que não fez?
– Mas é claro que não, Joãozinho!
– Ufa! Eu não fiz o dever de casa.

Joãoozinho, estava brincando de esconder, e resolve esconder-se no armário.
Como esta escurinho, ele acabou pegando no sono, e ficou dormindo dentro
do armário, até ser acordado pelo amante de sua mãe, que escondeu-se
lá quando o marido dela chegou mais cedo. E resolve puxar um papo…
– Tá escuro aqui, né?
– É… responde o homem meio sem graça.
– Quer comprar uma bola de futebol?
– Não obrigado…
– Tem certeza? Diz o Joãozinho aumentando o tom da voz.
– OK, por quanto?
– 100 Reais!
– O que??? Quer dizer, eu pago, afinal não estou em condições de reclamar…
– Daí a pouco o garoto pergunta?
– Tá escuro aqui né? Disse o Joãozinho…
– Tá, mas ve se fica quietinho tá bom? Responde o homem…
– Quer comprar uma camisa do Flamengo? Diz o Joãozinho.
– …Quanto?
– 200 Reais!
– PQP tudo isso? Tá bom, toma o dinheiro…
– No fim de semana, o pai do garoto convida ele para jogar uma pelada, e o garoto:
– Ih pai não vai dar, eu vendi minha bola e minha camisa…
– Vendeu? Por quanto?
– 300 Reais.
– 300??? Mas que sacanagem! Vá já se confessar com o padre! Isso foi uma extorsão!!!
Chegando na igreja, Joãozinho entra no confessionário e quando o padre chega:
– Oi seu padre… tá escuro aqui, né?
– Ah, não vem com essa história não, que hoje não vou comprar merda nenhuma!

A professora acaba sua aula quinze minutos antes do tempo normal, e
diz aos alunos que quem responder corretamente a pergunta poderá sair mais cedo.
Joãozinho, louco para ir para casa, espera, ansioso. Ela pergunta para classe:
– Quem disse esta frase ?
“um pequeno passo para o homem, um enorme avanço para a humanidade”
Antes que Joãozinho pudesse falar, Mariazinha levanta a mão e responde:
– Neil Armstrong, professora.
A professora a parabeniza e diz que ela já pode sair. Joãozinho
fica puto da vida, mas a professora dá outra chance aos alunos e pergunta:
– Quem disse esta frase ?
“Independência ou morte”
Joãozinho ia responder quando Juliana diz em voz alta:
– D. Pedro I, professora querida.
Joãozinho não podia se conter, estava perdendo a chance
de sair mais cedo da porra da aula. A professora diz estar contente com
o aproveitamento da classe e diz que vai fazer mais uma pergunta:
– Quem disse esta frase ?
“Ser ou não ser, eis a questão”
Joãozinho já de boca aberta se viu interrompido pela voz de Patrícia:
– Sheakspeare, professora.
– Muito bem, disse a professora, pode sair Patrícia, e os outros vão aguardar o sinal.
Ao falar a última frase a professora se virou de costas,
quando Joãozinho não se conteve e gritou:
– Chupa meu pau, sua vaca!
A professora vira de frente para classe e pergunta:
– Quem disse isso?!
– Bill Clinton, responde Joãozinho, já saindo da classe…

Joãozinho está passeando com a sua cachorrinha no parque,
quando ela resolve fazer o seu xixi bem diante da porta de uma guarita.
Ao ver aquilo, o guarda fica furioso e adverte:
– A próxima vez que a sua cachorra fizer isso, vou meter o cacete nela!
E o Joãozinho:
– Legal, seu guarda! Eu sempre quis ter um cachorrinho policial!

A professora tenta ensinar matemática para o Joãozinho.
– Se eu te der quatro chocolates hoje e mais três amanhã, você vai ficar com… com… com…
E o garoto:
– Contente!

O professor de ciências explica o fenômeno da circulação sanguinea:
– Se eu ficar de cabeça para baixo, todo o sangue vai descer para minha cabeça
e meu rosto vai ficar vermelho, não é mesmo?
– Sim, professor! – concorda a classe.
– Agora, alguém sabe me dizer porque é que os meus pés não ficam vermelhos quando estão no chão?
– Eu sei, professor – diz um aluno, levantando-se. – é porque os seus pés não são vazios.

Na aula de ciências, o professor vira-se para aquela loirinha que já chamava a atenção e pergunta:

– Quantas patas tem o cavalo?
– Quatro, professor!
– Por isso, nós chamamos ele de…
– Quadrúpede!
– Muito bem! E você, tem quantos pés?
– Dois, professor!
– Por isso, nós chamamos você de…
– Cristina!

– Juquinha, para que serve o algodão?
– Não sei, não senhor…
– Pense bem! De que são feitas as suas calças?
– De roupas velhas do meu pai!

Joãozinho chega em casa e entrega ao pai o recibo da mensalidade escolar.
– Meu Deus! Como é caro estudar nesse colégio.
E o menino:
– E olhe, pai, eu sou o que menos estuda da minha classe!

Em certa escola, na Idade da Pedra, a professora distribui um pedaço de pedra,
um martelinho e um cinzel para cada aluno e começa a fazer o ditado.
– O rei…
Pléc, pléc, pléc. Todo mundo grava uma coroa.
– … é forte…
Pléc, pléc, pléc. Todo mundo grava um leão.
– e viril…
Todo mundo pensativo, de repente a voz de Joãozinho quebra o silêncio:
– Professora! Viril se escreve com um ou dois testículos?

Joãozinho e Luisinho conversam na hora do recreio.
– Meu pai é tão alto – diz Luisinho, contando vantagem.
– mas tão alto que um dia ele levantou os braços e encostou a mão nas nuvens.
– Quando ele encostou sentiu algo macio? – perguntou Joãozinho sem querer ficar por baixo.
– Exatamente.
– Pois era o saco do meu pai!

O professor de Matemática levanta uma folha de papel em uma das mãos e pergunta para Joãozinho:
– Se eu dividir essa folha de papel em quatro pedaços, Joãozinho, com o que eu fico?
– Quatro quartos, professor!
– E se eu dividir em oito pedaços?
– Oito oitavos, professor!
– E se eu dividir em cem pedaços?
– Papel picado, professor!

Na aula de biologia, o professor pergunta:

– Joãozinho! Quantos testículos nós temos?
– Quatro professor – responde o menino sem pestanejar.
– Quatro? Você ficou doido?
– Bem… Pelo menos os meus dois eu garanto!

Na aula de matemática, o professor explica
o cálculo de uma enorme equação e depois de algum tempo, conclui:
– …e dessa maneira, chegamos a conclusão que X é igual a zero!
– Puxa, professor! – lamenta-se uma aluna. – Tanto trabalho por nada!

Na aula de matemática:
– Joãozinho, quanto é um menos um?
– Sei não, fessora!
– Vou dar um exemplo: Faz de conta que em cima dessa mesa tem um pêssego.
Se eu comer o pêssego, o que é que fica?
– O caroço, fessora!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: